Sessão de terapia

Internações

Internações salvam vidas
procure ajuda profissional

É muito importante identificar a hora certa de procurar uma instituição especializada, em muitos casos a demora representa aumento de sofrimento pelo paciente e familiares. Procurar ajuda de profissionais que entendem do assunto não é vergonha pra ninguém, muito pelo contrário, pode salvar vidas.

Internação Voluntária

Quando o dependente químico reconhece sua situação e aceita o tratamento. Ele, juntamente com a família assinam um documento declarando que está ciente e por isso fez essa escolha.

 

A internação deve ser autorizada ou indicada por um médico do Estado em que o paciente será internado.

O tratamento só acaba com a alta médica ou por solicitação do paciente.

Casal de homens
Ambulância

Internação Involuntária

Quando a internação é feita sem o consentimento do paciente, sempre a pedido e autorizado por um responsável legal, que assina um documento declarando sua escolha pelo tratamento e sua responsabilidade pelo paciente.

 

A internação deve ser autorizada ou indicada por um médico, e a instituição onde ele será internado deve comunicar ao Ministério Público Estadual o início e o término do tratamento.

O tratamento só acaba com a alta médica ou por solicitação do representante legal.

 
 

Internação Compulsória

Quando o paciente não tem um responsável legal e a internação é feita por ordem judicial.

A internação compulsória é determinada a partir de laudos médicos. São atestados todas as tentativas anteriores de internação, bem como o risco que o paciente corre ou representa para a sociedade.

O tratamento só acaba com a alta médica sendo comunicada por outra decisão judicial. São atestados a sua recuperação e o preparo do convívio social.

juiz martelo